Icons

  • abril 28, 2017

    Lidos em Abril

    Muito do que costumo ler e achar interessante de verdade, são textos que parecem ter sido escritos para mim ou que representam alguma questão, mal ou bem resolvida, de mim comigo mesma. Como os posts do que eu li no mês anterior tem um retorno bacana, logo pensei em porque não voltar a dedicar um espacinho aos meus amigos? Esse ciberespaço é tão acolhedor que eu também posso indicar algumas leiturinhas para vocês, não é mesmo? Confiram abaixo a seleção dos melhores desse mês.

     imagem: reprodução

    1 - Trabalhei muito, dormi pouco, comi mal e me sinto diariamente culpado
    Eu sou uma apaixonada pela coluna da Ruth para o Estadão. Nesse texto em especial, ela faz uma grande crítica, e muito relevante, sobre o quão infelizes estamos por nos cobrar tanto. Como o próprio título já diz, nos sentimos culpados por tudo o que não fazemos e acabamos esquecendo de ficar felizes – e satisfeitos – com as tarefas que conseguimos cumprir. "Acho que a gente só precisa tentar ser a nossa melhor versão. E a nossa melhor versão não vive nesses picos de stress, nem com essa angústia instalada."A vida já é tão corrida, porque precisamos nos cobrar tanto de detalhes que são tão pequenos e, em sua maioria, que podem ser resolvidos após uma boa noite de sono?

    2 - Substitua consumo por autoestima
    Que atire a primeira pedra quem nunca foi ao shopping e comprou qualquer que fosse a peça de roupa, acessório ou calçado por impulso e um tempo depois percebeu que, além de ela não combinar tanto assim com você, esse foi um gasto desnecessário. Nesse texto, as meninas da Oficina de Estilo nos ajudam a refletir sobre a forma como consumimos e automaticamente nos propõe um exercício de, ao invés de colocar energia em alguma determinada compra, trazer essa energia pra nós mesmas. Claro, que isso é um processo contínuo de auto avaliação e auto conhecimento, mas se já colocarmos em prática, os resultados não demoram a aparecer – digo por experiência própria.

    Outra dica é a leitura do livro A Mágica da Arrumação, que além de ajudar a desapegar das coisas muitas coisas que acumulamos, propõe as mesmas reflexões.

    3 - Sobre ser millennial, ter crises existenciais e ficar de boa no trabalho
    "Tem dias que vai parecer fácil, tem dias que vai parecer impossível. Pare, respire e lembre do porquê você chegou até aqui". Não sei vocês, mas eu tô passando por umas vibes de crise existencial que tem dias que eu me pergunto até porquê a água é transparente, porquê o céu é azul, porquê, porquê... O texto da leitora do blog Modices poderia tranquilamente ter sido um post meu. A gente sempre tem aqueles dias ruins que parece que levantou de pé esquerdo dez vezes e nem pulando com o pé direito as coisas voltam a ficar boas. Só que tudo bem, né? É só um dia de bad que vai passar, é só a gente lembrar onde estamos, porquê estamos ali e onde queremos chegar. Mesmo que nesse caminho seja preciso tomar alguns sorvetes, assistir alguns filmes, encontrar alguns amigos, conversar com algumas pessoas e até ter uns dias solitários, o importante é não desistir

    Caso tenham algum link para me recomendar ou algum comentário sobre os citados acima, pode largar o dedo nos comentários, no bom sentido :)

    10 comentários:

    1. Você lê a coluna da Ruth!!! Que legal encontrar alguém como você.
      vou procurar esse livro que você citou no item 2, porque muito me interessa, ainda mais para dar de presente hahah
      sobre o item 3, às vezes também fico nessa vibe de crise existencial, mas procuro ser útil em alguma coisa sempre que isso acontece. Costuma me fazer melhor. <3
      Bjss

      ResponderExcluir
    2. Oiee

      Também leio a coluna da Ruth!!! Amei encontra-la nesse post. Esse texto, em especial, parecia que foi feito pra mim rs.
      Os outros dois citados também batem comigo, principalmente o da crise existencial. Muito bom!

      bjs
      Fernanda

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. A Ruth é fantástica, escreve sobre o cotidiano MESMO! Obrigada, Fê! Beijos

        Excluir
    3. Oie, tudo bem? Ler é um dos meus passatempos preferidos, ainda mais quando a leitura envolve desenvolvimento pessoal, autoestima aprendizado. Comecei a ler A mágica da arrumação essa semana, confesso que é um tanto difícil se desapegar, organizar as coisas, mas espero quando terminar o livro ter um pensamento diferente rs. Com certeza uma ótima leitura. Beijos, Érika =^.^=

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. O livro é muito legal Erika, certeza de que você irá curtir!
        Beijos

        Excluir
    4. Olá! Eu adoro ler textos que parecem que dialogam comigo. Essa auto-reflexão gerada pela leitura é um dos principais motivos de eu gostar tanto de ler.
      Ótimas leituras.
      Um beijo.

      ResponderExcluir
    5. Nossa, todos esses links que você indicou são incríveis... um tanto quanto profundo, não? Eu amei *-*

      O que mais gostei, e que sempre me faz refletir, foi o primeiro, pois às vezes eu me cobro demais e acabo deixando de fazer coisas que gosto por conta de faculdade, trabalho... essas coisas.

      Beijos :*

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Lu! Ah, isso de deixar pra depois com certeza não é privilégio seu, rs.
        Beijos

        Excluir