Icons

  • janeiro 30, 2017

    O Ano em que Disse SIM!

    "Você nunca diz 'sim' para nada!". Com essa simples frase jogada aos quatro ventos, Delorse mudou completamente a vida de sua irmã mais nova. Criadora das séries Greys Anatomy e Scandal, e co-produtora de How to Get a Way With a Murder, Shonda Rhimes é uma das mulheres mais poderosas de Hollywood. Por ter um cargo de muita responsabilidade, era muito raro ou quase não acontecia de Shonda aceitar alguma proposta que não se encaixasse em sua rotina de escrever séries e cuidar das filhas. Ao longo de seu livro, conhecemos um pouco sobre sua história e podemos entender – ainda que brevemente – como é sua rotina e como funciona a máquina que ela chama de cérebro.

    posso já deixar a observação de que o uma das motivações para ler esse livro, além das inúmeras recomendações que recebi, é pelas séries dessa mulher que são maravilhosas?

    Você já sentiu como se tivesse apenas existindo no mundo, sem ser feliz, de verdade? Pois bem, era mais ou menos assim que a Shonda se sentia. "Você nunca diz 'sim' para nada!" essas seis palavrinhas ditas pela sua irmã antes da ceia de Ação de Graças, em 2013, acabou fazendo com que ela refletisse sobre tudo o que estava se passando na sua vida.

    Por ser produtora de séries famosas da ABC, Shonda recebia inúmeros convites para diversos tipos de evento e, como de costume, ela sempre colocava suas filhas e as séries em primeiro lugar e os recusava. Até o momento em que Delorse fez a colocação, Shonda nunca havia refletido sobre isso. Foi a partir daí que Shonda decidiu fazer com que o seu ano de 2014 fosse diferente criando o ano do sim: durante 365 dias ela seria "obrigada" a aceitar todos os convites que recebesse. E foi incrível!  
    Quanto mais disposta estava a dizer 'sim' para mim, menos disposta estava a disposta estava a permitir que entrassem em minha vida pessoas que me deixassem mais vazia, mais infeliz e mais insegura. – Shonda Rhimes.
    De uma forma bem pessoal, a autora nos conta sobre todas as descobertas e tudo o que a palavra sim lhe trouxe de novo Sobre como todas às chances oferecidas, e aceitas, provocaram mudanças significativas em sua vida – fazendo com que dizer sim se tornasse, de fato, um hábito que permaneceria pelos anos subsequentes.

    Trazendo para a nossa realidade, podemos imaginar que o ano do sim não se trata só de se dar uma oportunidade aos incontáveis convites que recebemos diariamente. É bem mais que isso! É dizer sim a felicidade, a si mesmo, as pessoas que vivem ao seu redor, ao seu trabalho e a tudo o que lhe faz feliz. É dizer sim a novos começos, novas histórias e também ao aprendizado (:.

    Por fim, O ano em que disse sim acaba se tornando um livro motivacional e de auto ajuda. Com sua leitura leve e envolvente, Shonda faz com que a gente reflita sobre alguns aspectos de nossa própria vida e a vontade de tomar o ano do sim pra si é cada vez maior. Claro que nada disso aconteceu de uma hora para a outra. O comentário de sua irmã foi apenas o estopim dessa mudança toda – que funciona como um efeito dominó onde cada escolha feita vai afetando (ou moldando) como serão as outras etapas da vida. Se Shonda não tivesse se esforçado, essa poderia ter sido apenas mais uma frase dita e esquecida, como muitas que todos nós ouvimos ao longo da vida.

    Particularmente, esse é um dos livros que vou levar pra sempre em minha memória. A história é envolvente e tudo o que ela relata nos motiva a pegar e fazer como ela nos dando a oportunidade de ter um ano do sim, ainda que uma vez só na vida. Já deu pra perceber como eu amei essa leitura, né? hahaha!

    7 comentários:

    1. Socorro, eu ainda não conhecia esse livro, decidi ler a resenha só de ver quem tinha escrito, mas achei que fosse se tratar de algo de ficção hahah mas no final fiquei bem empolgada com o livro e vou colocar na listinha, amei a abordagem dele <3

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ahhh que bom saber que minha resenha te empolgou a ler esse título! Olha, ele é surpreendente, viu? Me segurei para não contar muitos spoilers.
        Beijo Si, volte sempre <3

        Excluir
    2. Quantas vezes negamos as coisas sem nem saber se vai ser bom ou não, né?! Adorei a resenha e me deu mta vontade de conhecer um pouco mais da Shonda (amo Grey´s Anatomy)... Parabéns! bjs

      ResponderExcluir
    3. Eu não sabia que a Shonda tinha escrito livro, sou apaixonada pela série! Adorei a resenha e vou colocar o livro na minha lista de livros que eu preciso ler :)

      Beijos

      ResponderExcluir
    4. Se tem Shonda, é bom. Fiquei bem curiosa com a história, mas mais ainda pela autora. Certamente darei uma chance depois de acabar com a minha PILHA de ~próximos livros.

      blogdeclara.com

      ResponderExcluir
    5. Esse livro está na minha lista de desejados. Gosto de ler história de mulheres reais, porque de certa forma isso me inspira a ser uma pessoa melhor. Você já leu O que eu sei de verdade da Oprah? Ele é muito bom também!

      Blog Profano Feminino

      ResponderExcluir