acompanhe nas redes

  • setembro 25, 2015

    Blogar é só amor

    E esse amor que nunca morre? E essa vontade de estar aqui o tempo todo produzindo, descobrindo, inventando, compartilhando... A adrenalina de criar um layout novo, de saber se alguém curte realmente o meu trabalho, a liberdade de escrever o que me der na telha (e quando der), e mesmo com todas as pausas saber que ainda há um espacinho pra mim, que ainda há retorno, isso é muito confortante!

    Eu amo essa atmosfera, esse mundo, essa comunidade, essa tribo. Todos temos as nossas diferenças, e, assim como nas classes sociais, temos nossas classes. Faço parte dos que blogam por amor, que não faz sucesso, mas que não liga pra essas coisas. Mas claro que eu admiro muito o trabalho de grandes nomes desse nosso mundo, mas posso contar a verdade? Eu gosto mesmo é dos pequenos. A simplicidade e alegria a cada nova etapa, a humildade de tratar todos da mesma maneira... Eu acho tudo isso muito lindo. Infelizmente, todos nós temos uma vida lá fora que (em sua maioria) não nos permite estar aqui o tempo todo, compartilhando tudo que queremos e bem quando queremos, mas eu entendo que no momento que a gente pode estar aqui, todos fazem um esforcinho e voltam, certo?

    Do fundo do coração, queria que todos sentissem isso que eu sinto. Queria que você sintisse toda essa felicidade e todo esse amor que eu sinto toda vez que posso voltar aqui, sabendo que meu cantinho continua sendo meu, continua do mesmo jeito, e é feito aquele amigo que você não vê a anos mas sempre te trata como se vocês se vissem todos os dias. É reconfortante, é excitante, inspirador e motivante. Eu simplesmente amo estar aqui. Gostaria de agradecer a vocês que me acompanham, e que gostam do meu trabalho, por mais simples e pessoal que seja. Que por fim, na maior simplicidade, é um espacinho que me dá muita alegria e que me deixa muito feliz a cada novo retorno (positivo ou negativo). Obrigada!

    1 comentários:

    1. Oi Renata! Fico muito feliz em ver que existem garotas como você que fazem o blog com e por amor. Com um estilo pessoal e parece que mesmo que o espaço seja aberto ao público ele continua particular de uma forma muito boa. Hoje eu tenho a meta de trabalhar com meu blog, mas vou fazendo aos poucos sabe? Porque não há nada melhor que ter esse espaço onde a gente possa expressar opinião sem cobranças. E acredito que trabalhar para si mesmo é ter liberdade no fim do dia de apesar de cansado se sentir feliz com o resultado. Enfim, continue assim: leve, segura e feliz. É o mais importante ♥

      Vale a pena assistir Scream Queens?

      ResponderExcluir