Icons

  • agosto 02, 2015

    PRECONCEITO, PRÉ-CONCEITO

    Vez ou outra me pego pensando no quanto a sociedade é banal quando tenta impor limites e padrões inexistentes. Nos obrigam a ser, ter, fazer, nos portar e qualquer coisa que implique na liberdade que nos é dada igualmente e de graça, e tudo isso a troco de que? Parece que estamos voltando para o século XVIII quando éramos julgados e designados a determinadas funções pela cor da pele, pela classe social... E eeeei, a escravidão foi abolida em 1888, a Lei Áurea tá aí, olha aqui minha carta de alforria!!!!

    Sociedade intolerante, hostil, discriminante... E, olha que não digo apenas quanto ao preconceito racial, capilar, social, religioso, sexual não. Me refito a todo e qualquer tipo de intolerância existente. Porque afinal de contas, somos livres não somos? L-I-V-R-E-S!

    Conseguimos ser tão evoluídos pra algumas coisas e tão retrasados pra outras... Porque, vamos falar a verdade, já passou da hora de termos respeito como princípio de relacionamento não é mesmo? Alias, isso não deveria ser dito nunca. Nem por mim, nem por você, nem por ninguém, afinal de contas, educação e bom senso vem de casa (ou deveria vir)!!

    Frequentemente vemos na mídia casos de pessoas que são agredidas sem motivos por pessoas doentes que não tiveram o mínimo de educação pra respeitar o outro, mesmo com suas diferenças. Sim, eu disse doentes. Porque pra mim, quem pratica esse tipo de atitude, sinceramente, tem uma doença muito grave. Não me interessa se isso foi involuntário ou provocado, isso é uma doença e ponto!

    Quando vão entender que por trás da pele somos todos iguais? Feitos de pele e osso, com sentimentos e que, mesmo que a gente esteja blindado a esses tipos de comentários ou acusações, nós vamos sentir. Mesmo que seja muito pouquinho e lá no fundinho do peito. Então, já está na hora de cada um tomar conta de si, ter o mínimo de respeito desejado pra si com o próximo, parar de julgar o outro pelo que ele é/faz e entender que o mundo não gira ao seu redor e que não vai ser tudo do jeito que você quer, tá?

    E como diz aquela música famosa do Natiruts:
    "LIBERDADE PRA DENTRO DA CABEÇA"

    1 comentários:

    1. Nossa, texto maravilhoso! Concordo demais. Preconceitos só servem para prender as pessoas nelas mesmas.

      Beijos!

      http://ela-rafaela.blogspot.com

      ResponderExcluir