acompanhe nas redes

  • fevereiro 27, 2015

    Pessoas que eu gostaria de conhecer ou ter conhecido

    imagem: via
    Quando me disseram que ter blog é uma tarefa complicada eu pensei "ah, besteira" mas olha, ultimamente tenho acreditado sim, que dá trabalho ein? Requer tempo, requer dedicação e muito amor. E eu como sou um pouco detalhista e perfeccionista, se não estiver bem estruturado não dá.
    Enfim, não vem ao caso. Vamos falar sobre o post da semana que é referente ao desafio das 52 semanas (que já disse, é realmente um desafio!).

    Hoje preciso contar pra vocês quais são as cinco personalidades que eu gostaria de conhecer. Olha, vou ser sincera, eu não tenho grandes ídolos desses de grande personalidade, que eu acompanhe fielmente pra ter um imenso desejo de conhecer, mas selecionei com carinho cinco pessoas que, em relação aos meus objetivos de vida profissional e pessoal me inspiram, ok? Ok, então confiram:

    imagem: arquivo gossip girl
    1. Meu avô Paterno ♥
    Infelizmente eu e quase todos os meus primos não o conhecemos pois ele faleceu em um acidente de carro, e nós nem pensávamos em nascer na época, mas pelo que todos falam ele era muito parecido com meu pai. Queria muito ter o conhecido pra entender algumas atitudes e manias que meus familiares paternos tem que todos os tios dizem ser muito parecidos com o dele. 

    2. A Repórter Glória Maria 
    Eu não me lembro se já comentei que vou começar faculdade de Jornalismo (se não o fiz, estou fazendo agora mesmo), e de todos que são desse meio ela é uma das personalidades que me inspira. Não a acompanho fielmente, como já citei acima, mas a quantidade de viagens todas que ela fez pelo mundo a trabalho, meu deus é um sonho pra qualquer pessoa, não? Ela é inteligentíssima, fala muitas línguas, tem o trabalho - que pra mim - é o melhor de todos... É, de verdade, uma inspiração e alguém que admiro.

    3 e 4. Cantoras: Dulce María e Demi Lovato
    Cada uma com sua particularidade mas pra mim, são inspirações em motivação e boas vibrações. No Pares pra mim, é um hino de motivação pra não desistir de nada que eu queira.  Demi com seu "stay strong", seus livros e todas as mensagens boas também, os bons recados que ela manda no twitter sempre, Skyscraper e todas as músicas dela... Além de fã, as admiro como as pessoas que elas são, o carinho e inspiração que dão aos seus fãs. 

    5. Blogueiras: Ana Lídia e Rayza Nicácio 
    Hoje estou passando pelo processo de transição capilar e elas duas foram e estão sendo muito importantes pra essa fase da minha vida. Vou confessar que ainda não me aceito cem por cento dessa forma, e que as vezes rola uma recaída com a chapinha... Mas de tudo, elas me ajudam muito a me aceitar mais desse jeito, a cuidar do cabelo. Elas tem uma energia super boa, são super do bem, eu gosto muito. Um dia terei o prazer de conhecê-las e dizer o quanto elas me inspiram no cabelo, auto estima, humor, personalidade... ♥

    Tá, eu trapaceei um pouco, colocando o ítem 5 com duas pessoas, mas é porque tem um significado e importância igual pra mim e pra falar de uma eu tinha que falar da outra, sorry! Agora é a vez de vocês me contarem quem gostariam de conhecer e o porquê. Aguardo o comentário de vocês ta bom? Não me deixem sozinha, hahaha.
    Beijo gente ♥♥♥

    2 comentários:

    1. A pessoa que disse que ter um blog é tarefa fácil estava exaltada çalskçalsk dá um baita trabalho, sem contar com os dias sem inspiração D:
      Concordo com tudo dito sobre a Glória Maria. Não tenho cachos - pelo contrário, meu cabelo é tão liso que não consigo cacheá-lo de jeito nenhum :( - mas sou apaixonada pela Lídia também, ela é uma blogueira incrível.

      Estou te seguindo, gostei muito do teu blog <3
      Beijos. www.blogbrightwords.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    2. Oi guria! Quem te disse que ter blog era fácil, das duas uma: ou não tinha blog ou tinha um blog que não chegava aos rodapés do teu... hahahaha
      Concordo quando diz que precisa de dedicação, tempo e amor... Senão não é um blog bom, né?

      Quanto às tuas escolhas me identifiquei com o vô, no meu caso seria o materno que também era falecido quando nasci. É estranho, mas sinto saudade sem nem tê-lo conhecido... Talvez seja de tanto minha mãe falar nele...
      Adorei teu blog.

      Um beijo.

      http://momentosdelucidezenemtanto.blogspot.com.br

      ResponderExcluir