acompanhe nas redes

  • novembro 20, 2014

    Explosão de incertesas, pensamentos, sentimentos

    Espero um dia entender essa sensação de quero mas não agora, ou que seja pra ontem, mas agora não mais. Espero um dia entender esse mundarel de incertezas e sentimentos que eu mesma não sei controlar, ou ao menos decidir por qual eu estou afim de ser/sentir.

    Tem dias que acordo com vontade de sair por aí esbravejante desvendando tudo de novo e sendo a melhor jornalista que já existiu na história da humanidade (falou a já formada e pós graduada né? só que não). Outros dias eu queria ser a pessoa com o melhor vocabulário do mundo, é quando dá vontade de ler todos os livros já inventados ou pré inventados. Mas tem ainda aqueles dias que eu quero simplesmente não ser nada e continuar vivendo dessa incerteza, dessa indecisão, dessa explosão de sentimentos, dessa minha vida comum.

    foto: we heart it
     Acho que no fundo, eu queria ser a mistura de tudo isso. A jornalista que tem um bom vocabulário mas que vive no seu mundinho incerto, com seus moletons, milhares de reportagens e canecas sempre cheias de café. Sim, porque ultimamente eu tenho tomado muito café. Ou as vezes eu só quero ser eu mesma, viver de acordo com o meu tempo, conforme as coisas vão acontecendo. Conforme o mundo anda. Conforme o mundo gira.

    Fico me perguntando: será que algum dia eu irei saber o que eu quero ser? Qual profissão eu quero exercer amanhã cedinho quando eu acordar? Qual eu vou querer ser hoje e  no outro dia também. E em todos os outros dias subsequentes a este que está clareando. Não sei. O que me resta, é aproveitar essa onda de sensações e vontades. Essa vibe positiva de querer sempre estar escrevendo e tendo algo novo pra contar. De querer conhecer e descobrir tudo num dia e no outro só querer ficar quieta assistindo minhas séries preferidas sem ter com o que me preocupar.

    Afinal de contas acho que o ser humano é um pouco de cada sensação e vontade que tem. Porque se não tivéssemos não seriamos nada.                                                               

    0 comentários:

    Deixe um comentário