acompanhe nas redes

  • fevereiro 03, 2014

    Primeiro dia de aula

    imagem: we heart it

    Comprar o material. Arrumar a mochila dias antes. Curiosidade, ansiedade, nervosismo. Separar a roupa 3293 vezes e 84290 dias antes. Querer saber quem serão seus colegas, se vão ser os mesmos do último ano, ou se serão todos novos... principalmente em escola nova! Acordar muito cedo pra dar tudo certo, você chegar cedo e poder escolher um bom lugar na sala.
    Acordei! E o dia hoje não começou assim, como eu queria que fosse. Começou de um jeito diferente... quer dizer, um dia normal de férias. E pensar que eu esperava tanto por esse dia, pra rir de todo mundo que tava acordando cedo pra ir pra escola (achando aquilo a coisa mais chata e irritante do mundo), cá estou. Tristonha, melancólica, nostálgica e com uma puta inveja de quem teve porque levantar cedo hoje e começar uma nova etapa da vida... se eu queria voltar pra escola hoje? Fazer o último ano ou qualquer outra série que fosse novamente? Com total certeza. Tudo que eu mais queria no dia de hoje era isso!
    Mas infelizmente (ou felizmente) a vida passa e um dia a gente tem que crescer (por mais trágico que seja a forma na qual você compreende isso). Hoje eu não me olho mais no espelho e vejo a mesma menina de 12 meses atrás que sonhava em terminar a escola e ter uma festa de formatura. Ultimamente essa menina está sonhando em voltar pra sala de aula, pra correria e alegria de estudar...
    Mas o que eu realmente quis dizer é: vocês que estão nessa fase, não a desperdicem, não a viva em vão! Curtam muito os professores, os colegas de vocês, e até as tias chatas que ficam 'tomando' conta de vocês por um ano inteiro. Porque essa é a melhor fase do mundo (!), onde não se tem preocupação com nada, não tem que trabalhar, e só ir pra escola e se divertir. Só que infelizmente um dia acaba. Pra mim acabou. E de agora em diante só vem cobrança e maiores responsabilidades #conselhodeamiga.
    Mas me contem, como foi o primeiro dia de aula de vocês?

    0 comentários:

    Deixe um comentário