Icons

  • fevereiro 16, 2014

    Como você se sente?

    Eu tô enjoada. Não, não me leve a mal. Não é enjoada de você... e nem de ninguém. É enjoada de nervosismo. De estar transpirando e até estar sentindo borboletas no estômago. De ansiedade, insegurança e medo. Muito medo. Confesso que queria saber mais a respeito disso ou daquilo pra me sentir um pouco melhor. Ou menos pior, como queira. Eu não te contei, mas isso acontece comigo sempre. Bom, sempre não, vem acontecendo com frequência a um tempo... deve ter umas três semanas pelo menos. É desde que eu descobri que minha vida a partir de amanhã vai virar de ponta cabeça. Eu tô insegura. Eu não sei como vai ser, ou deixar de ser. Será que eu vou aguentar? E se não, como eles vão reagir? Como minha família vai interpretar minha falta de capacidade? Eu tô com medo. E se eles me botarem pra fora de casa? 
    Mas eu tô confiante também. Não sei, mas acho que essa sempre era a oportunidade que eu esperava pra poder tirar meus sonhos do papel e trazê-los pra realidade. Pra minha realidade! Eu vou conseguir tudo né? Se Deus quiser! Tenho tantos planos, você sabe. Isso que eu to sentindo agora é só um excesso de expectativa não é? Você já viveu isso, você deve saber. Isso vai passar né? E eu vou melhorar desse nervosismo, dessa ansiedade toda. E se não, você ajuda. Porque você ta comigo. Disso eu sei e tenho certeza. Então, só me resta te dizer obrigada, não? 
    E o que ela não sabia, é que isso era só o começo do que é ser "adulto"... 

    0 comentários:

    Deixe um comentário