Icons

  • abril 23, 2017

    "Ninguém vai gostar de você"

    "Se você não mudar esse seu jeito, ninguém vai gostar de você!" Se você continuar sendo ignorante, falando a verdade na cara das pessoas, sem filtro e se você continuar com essa cara emburrada pra tudo, ninguém vai gostar de você. Se você não prender essa juba, se você não alisar esse cabelo, se você não engordar um pouco, ninguém vai gostar de você. Com esse cabelo cacheado e ainda por cima, com dente torto? Ixi, cê vai ser sozinha, não vai ter amigas, nunca vai ter nenhum namorado e ninguém nunca vai querer andar contigo.

    picture

    Ouvi isso a minha vida toda. O triste é que, infelizmente, eu ainda ouço! As pessoas não sabem mesmo, não tem noção mesmo do quanto uma palavra pode mudar a vida de uma pessoa, do quanto uma frase mal estruturada, uma crítica mal feita pode alterar completamente o percurso de uma vida.

    Em tempos do sucesso estrondoso de 13 Reasons Why, a gente precisa sim falar sobre tudo o que pode ser um gatilho pra alguém, sobre o que já foi pra gente, de certa forma, e sobre o quanto nós precisamos nos policiar para não ser um porquê de alguém. Não é todo mundo que está livre de bullying ou de algum comentário maldoso em toda a sua vida. Inclusive, arriscaria a dizer que, em algum momento da vida, seja na infância, na adolescência ou no trabalho, todo mundo vai ouvir um comentário ruim em algum momento. A gente só tem que parar de pensar que isso é normal, pois sinceramente, não é!

    Não devemos sair por aí semeando ódio, dizendo coisas horríveis para outras pessoas concluindo que a 'tá tudo bem', foi só um comentário. Não, não tá tudo bem! Se a gente soubesse o quanto uma palavra sozinha pode machucar o outro, começaríamos a pensar mais e falar menos. E que comecemos a cultivar esse hábito. Nunca será possível saber cem por cento da vida do outro, nunca será possível saber a bagagem de vivências que a outra pessoa viveu, então, o mínimo que a gente pode fazer é ser gentil.

    Sim, vou falar de coisas clichês que a gente tem visto circular na internet o tempo todo. É preciso falar e sobre isso, nunca é demais ressaltar. Ser gentil é o princípio básico da boa convivência. Poderia fantasiar aqui como minha história seria diferente se eu não tivesse ouvido tantos comentários ruins, se eu não carregasse tantas feridas abertas que insistem em doer até hoje. Mesmo anos depois de já ter acabado a escola, mesmo já tendo me livrado de tantas coisas, tudo isso ainda me dói. E muito!

    Estou batendo na mesma tecla outra vez, vou permanecer nela pelo tempo que for necessário e toda e qualquer vez que alguma das minhas feridas abertas voltar a me machucar. Não é todo mundo que entende o sofrimento de quem já foi atingido por esse golpe baixo. Eu entendo e ainda sofro. Mas fico na esperança das minhas feridas cicatrizarem e de um mundo melhor, sem essas ofensas. E, pra você: vai ficar tudo bem! Conversa com alguém, ouve uma música que você gosta, assiste um filme... Tenta se distrair que logo passa. Se quiser conversar, pode me procurar, só não esquece que vai ficar tudo bem e que você é mais do que isso tudo!


    abril 21, 2017

    Conheça: Mateus Alves

    Adoro compartilhar coisas boas por aqui, ainda mais quando essa coisa é tão esperada – por mim – e demandou tanto carinho de quem o produziu. Com um jeito carinhoso, super atencioso e muito solicito, uma voz gostosa de ouvir num estilo musical bem romântico, daqueles que te faz ficar apaixonada só em ouvir o que ele canta. Cantor, compositor, músico e intérprete, esse é o Mateus Alves.

    É nostálgico lembrar de quando conheci o trabalho dele pois através da sua música mais famosa eu tenho uma bagagem muito bonita. O título "Te Trouxe Essa Canção" ficou famoso em 2011, através de um vídeo no YouTube. Na época, o Mateus saiu na Capricho, fez teste pra Malhação e várias coisas legais aconteceram na vida dele. Mas o sucesso repentino o assustou um pouco, tanto que ele sumiu das redes e eu só fui o encontrá-lo novamente ano passado.


    Considerando seu trabalho mais profissional e maduro, hoje ele está lançando seu EP em todas as suas mídias, e como boa fã de seu trabalho, vim compartilhar com vocês. O álbum é composto por 4 músicas inéditas,  e eu posto que, assim como eu, quem ouvir também se sentirá encantada ouvindo. Além destas, em seu canal antigo é possível ouvir algumas outras composições do boy, que infelizmente não entraram neste trabalho (porém, se todo mundo ouvir e pedir, quem sabe ele não produz para um próximo?).




    As redes do Mateus: instagram | facebook | twitter | youtube | site oficial


    Logo, o bonito vai lançar clipe em seu canal, mas enquanto esse dia não chega, podemos conferir suas músicas no Spotify, curtir seus trabalhos antigos e segui-lo né? Aproveita e me conta qual sua trilha preferida? :) 



    abril 15, 2017

    Reflexão de sábado

    Esse é mais um daqueles textos que eu queria começar dizendo que chega uma fase da vida que a gente aprende... mas logo ao pensar assim, concluí que essa fase de aprendizado é diária, que todo dia aprendemos algo novo e que temos a oportunidade de evoluir como ser humano e como espírito. Gosto de acreditar que quanto mais a gente percebe os aprendizados do dia-a-dia, mais a vida está valendo a pena. Afinal, a vida nada mais é do que uma reunião de momentos felizes, momentos tristes e muito aprendizado, não?

    picture: tumblr
    Tenho lido muito ultimamente, sobre diversos assuntos e uma dessas leituras me fez refletir sobre como somos influenciados pelas pessoas ao nosso redor. Não só no sentido negativo da palavra. Ora, todos nascemos puros e livres de preconceito, estereótipos e todo e qualquer tipo de julgamento que exista na sociedade. E se somos puros, por qual razão saímos por aí pregando discursos de ódio, dando opinião a algo que não nos diz respeito? As vezes até falamos coisas de modo tão automático que nem pensamos se podemos estar machucando alguém próximo, ou não. Se algum ideal pré estabelecido ou ensinado na infância, hoje, na vida adulta, pode ser algo o qual eu deva refletir se, de fato, é assim mesmo, se é preciso ser dessa forma...

    Infelizmente, na realidade que eu vivo, acredito que preconceito, hábitos negativos e a violência verbal de um modo geral sempre vai existir, independente do que a gente faça. Também acredito que cada dia estamos dando um passo para tornar a sociedade melhor e que, fazendo a nossa parte, podemos sim mudar! Se desprender de crenças que foram 'impostas' a você, se desconstruir e tentar olhar as coisas a partir de uma nova perspectiva é algo mágico e que pode sim ajudar a nos tornarmos pessoas melhores não só para nós mesmos como também para quem sofre com essa sociedade estereotipada e pra quem vive ao nosso redor. 

    Acredito na força da positividade que o universo emana. E que, sempre que a gente faz o bem pra alguém isso retornará com um bônus. Não necessariamente será instantâneo, porém quando transmitir o bem se torna um hábito, certamente a colheita será próspera.

    Posso não estar dizendo da melhor forma possível, afinal já estou com um pouco de sono, mas eu só queria deixar um recadinho nesse fim de sábado: não julgue ninguém pelo exterior dela. Não diga que o cabelo de alguém é feio, que o namorado de alguém é estranho comparado ao anterior. Não se refira a alguém pela sua cor, não defina beleza por etnia ou porte físico. Não perca seu tempo avaliando a vida do outro, vá cuidar da sua. Não se imponha a seguir um padrão, uma modinha. Não se esforce pra agradar os outros, se baste!